Artigos

Digitalks Lisboa 2022: veja as principais discussões do evento

Primeira edição presencial após a pandemia, Digitalks Lisboa 2022 foi marcado por temas como transformação digital e experiência do cliente com objetivo em vendas

 

Após dois anos de eventos online, o Digitalks Lisboa retornou à capital portuguesa em um evento presencial, com o foco na geração de negócios, na partilha de conhecimento digital com profissionais e executivos e na transformação de empresas para a nova economia.

O encontro aconteceu no LISPOLIS – Polo Tecnológico de Lisboa, um dos maiores apoiadores portugueses da inovação e de novos negócios digitais e parceiro do Digitalks na correalização do congresso.

Foram dois dias intensos de muito conteúdo e networking, com discussões sobre transformação digital, experiência do cliente, liderança feminina no meio tecnológico, metaverso, inovação, vendas, investimentos e muito mais!

Margarida Silva, Head of Brand & Digital Marketing da FNAC, abriu o evento com uma fala sobre como o conteúdo pode angariar tráfego e gerar vendas para as empresas. Com exemplos muito interessantes, a executiva falou da humanização do digital e sobre User Generated Content (UGC), e ainda deixou 5 lições:

  1. Falar do que as pessoas procuram (temas) antes de falar dos produtos e serviços.
  2. Serem os primeiros a responder às perguntas, a publicar conteúdo com time to market;
  3. Conteúdo como uma aposta de longo prazo;
  4. Storytelling para o canal e formato digital. Estratégia de conteúdos dedicadas a TikTok com colaboradores para gerar interação e despertar curiosidade;
  5. Uma boa estratégia de conteúdos obriga a um plano e recursos dedicados

 

Gisele Paula e Sónia Lourenço
Inovação precisa obrigatoriamente passar pela Experiência do Cliente – Gisele Paula e Sónia Lourenço

Ana Barros, CEO da Martech Digital, e Ricardo Teixeira, CEO Compuworks Informática 360, entraram na sequência, em um painel inspiracional, para mostrar que é possível transformar e ter inovação em qualquer negócio, até nos que não têm nada de “sexy”, como agências funerárias.

Inovação, independente do negócio, precisa obrigatoriamente passar pela Experiência do Cliente. Compreender a mudança é o ponto de partida para Gisele Paula, fundadora e CEO do Instituto Cliente Feliz, e Sónia Lourenço, CEO do Portal da Queixa, oradoras do segundo painel do dia.

Em outros painéis e palestras os oradores ainda discutiram inovação e criatividade, tendências tecnológicas e como o retalho pode se utilizar de melhores ideias para inovar.

2º dia do Digitalks Lisboa 2022

women in tech
Painel Women in Tech – Cintia Costa, Adriana Lima e Carla Graça

No dia 09 de junho, os oradores trouxeram temas como empreendedorismo, transformação digital, inteligência artificial e liderança feminina no mercado de tecnologia, assunto discutido em um painel com Cintia Costa, da Genesis, Adriana Lima, da Salesforce, e Carla Graça, da Vista Alegre.

As três pontuaram que, embora se verifiquem algumas melhorias nessa área, a manter-se este ritmo, irá demorar cerca de 60 anos até as questões desiguais entre mulheres e homens estar totalmente ultrapassada.

Carla Graça também fez uma palestra sobre Inteligência Artificial e como a tecnologia pode ser uma aliada para aumentar vendas, ao auxiliar a criar uma relação empática com o cliente. Como? Por exemplo, fazendo boas perguntas, seja nas redes sociais ou após subscrição de newsletter, para checar sobre as preferências. Mas, principalmente, ter a capacidade de ouvir e agir em conformidade com o feedback recebido: comunicação personalizada, testando e medindo a performance e fazendo os devidos ajustes.

Tendências e desafios da Transformação Digital foi o tema de Frederico Carvalho. O especialista em negócios digitais afirmou que três dos principais desafios são: 1. obter a adesão e aprovação dos executivos; 2. requalificação e formação; 3. cibersegurança.

Para Fred Carvalho o caminho deve ser 1º) pensar na estratégia > 2º) analisar a tecnologia que irá projetar a transformação digital > 3º) repensar o que funciona ou não > 4º identificar o problema e os caminhos para resolver (desafios do gestor na era exponencial).

O Digitalks Lisboa 2022 encerrou com uma apresentação sobre Metaverso, por Piero Fiorotti. O CEO da Versy Tecnologies afirmou que Metaverso é uma buzzword que pode ser substituída pela palavra experiência: a questão será sempre provocar uma sensação nas pessoas. Para o executivo, estamos na fase de ter presença no Metaverso; as seguintes serão ownership e reach. Piero também explicou que é preciso traduzir o negócio numa colecção de experiências – quem conseguir fazer isto, verá sentido no Metaverso como uma opção.

A imersão contou com mais de 620 executivos e profissionais, 40 oradores e 22 tracks. O público certamente terá muito a refletir nos próximos dias!

Se você esteve no Digitalks Lisboa, siga partilhando suas ideias – marque sempre @digitalkspt e #DigitalksLisboa

Fique atento nos canais do Digitalks Portugal e do Digitalks Brasil para saber sobre os próximos eventos.

*Este texto contou com a colaboração de Helena Pombal

Digitalks Portugal

Equipe de conteúdo do Digitalks.

Comentários